e-Mail
SALMOS

 

SALMO 1: Ter sucesso em tudo que for iniciado. Ter a proteção de Deus.

“Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Antes tem seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita dia e noite.
Pois será como a árvore plantada junto às correntes de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria, e cuja folha não cai; e tudo quanto fizer prosperará.
Não são assim os ímpios, mas são semelhantes à moinha que o vento espalha.
Pelo que os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos;
Porque o Senhor conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios conduz à ruína”.


SALMO 2
: Desenvolver a intuição, a clarividência e os dons de cura. Atrair a boa sorte.

“Por que se amotinam as nações, e os povos tramam em vão?
Os reis da terra se levantam, e os príncipes juntos conspiram contra o Senhor e contra o seu ungido, dizendo:
Rompamos as suas ataduras, e sacudamos de nós as suas cordas.
Aquele que está sentado nos céus se rirá; o Senhor zombará deles.
Então lhes falará na sua ira, e no seu furor os confundirá, dizendo:
Eu tenho estabelecido o meu Rei sobre Sião, meu santo monte.
Falarei do decreto do Senhor; ele me disse: Tu és meu Filho, hoje te gerei.
Pede-me, e eu te darei as nações por herança, e as extremidades da terra por possessão
Tu os quebrarás com uma vara de ferro; tu os despedaçarás como a um vaso de oleiro.
Agora, pois, ó reis, sede prudentes; deixai-vos instruir, juízes da terra.
Servi ao Senhor com temor, e regozijai-vos com tremor.
Beijai o Filho, para que não se ire, e pereçais no caminho; porque em breve se inflamará a sua ira. Bem-aventurados todos aqueles que nele confiam”.

 

SALMO 3: Se libertar das preocupações. Contra insônia. Reforçar a fé em Deus. Criar um forte escudo de proteção espiritual. Conseguir pagar o que deve. Conseguir graças difíceis.


“Senhor, como se têm multiplicado os meus adversários! Muitos se levantam contra mim.
Muitos são os que dizem de mim: Não há socorro para ele em Deus.
Mas tu, Senhor, és um escudo ao redor de mim, a minha glória, e aquele que exulta a minha cabeça.
Com a minha voz clamo ao Senhor, e ele do seu santo monte me responde.
Eu me deito e durmo; acordo, pois o Senhor me sustenta.
Não tenho medo dos dez milhares de pessoas que se puseram contra mim ao meu redor.
Levanta-te, Senhor! Salva-me! Deus meu! Pois tu feres no queixo todos os meus inimigos; quebras os dentes aos ímpios.
A salvação vem do Senhor; sobre o teu povo seja a tua bênção”.

 


SALMO 4: Alcançar êxito. Quando precisar de ajuda rápida. Defender de abusos daqueles que estão acima de nós.

“Responde-me quando eu clamar, ó Deus da minha justiça! Na angústia me deste largueza; tem misericórdia de mim e ouve a minha oração.
Filhos dos homens, até quando convertereis a minha glória em infâmia? Até quando amareis a vaidade e buscareis a mentira?
Sabei que o Senhor separou para si aquele que é piedoso; o Senhor me ouve quando eu clamo a ele.
Irai-vos e não pequeis; consultai com o vosso coração em vosso leito, e calai-vos.
Oferecei sacrifícios de justiça, e confiai no Senhor.
Muitos dizem: Quem nos mostrará o bem? Levanta, Senhor, sobre nós a luz do teu rosto
Puseste no meu coração mais alegria do que a deles no tempo em que se lhes multiplicam o trigo e o vinho.
Em paz me deitarei e dormirei, porque só tu, Senhor, me fazes habitar em segurança”.

 


SALMO 5: Proteção contra os inimigos. Resolução de processos judiciais. Facilita o trato com autoridades. Contra a preguiça, maldade, fraude, ladrões, assassinos. Intervenção Divina quando tudo parece perdido.

“Dá ouvidos às minhas palavras, ó Senhor; atende aos meus gemidos.
Atende à voz do meu clamor, Rei meu e Deus meu, pois é a ti que oro.
Pela manhã ouves a minha voz, ó Senhor; pela manhã te apresento a minha oração, e vigio.
Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniqüidade, nem contigo habitará o mal.
Os arrogantes não subsistirão diante dos teus olhos; detestas a todos os que praticam a maldade.
Destruis aqueles que proferem a mentira; ao sanguinário e ao fraudulento o Senhor abomina.
Mas eu, pela grandeza da tua benignidade, entrarei em tua casa; e em teu temor me inclinarei para o teu santo templo.
Guia-me, Senhor, na tua justiça, por causa dos meus inimigos; aplana diante de mim o teu caminho.
Porque não há fidelidade na boca deles; as suas entranhas são verdadeiras maldades, a sua garganta é um sepulcro aberto; lisonjeiam com a sua língua.
Declara-os culpados, ó Deus; que caiam por seus próprios conselhos; lança-os fora por causa da multidão de suas transgressões, pois se revoltaram contra ti.
Mas alegrem-se todos os que confiam em ti; exultem eternamente, porquanto tu os defendes; sim, gloriem-se em ti os que amam o teu nome.
Pois tu, Senhor, abençoas o justo; tu o circundas do teu favor como de um escudo”.

 

SALMO 6: Todas as doenças. Quando não se vê saída. Afastar pessoas indesejáveis. Desmascarar inimigos. Descobrir a vocação.

“Senhor, não me repreendas na tua ira, nem me castigues no teu furor.
Tem compaixão de mim, Senhor, porque sou fraco; sara-me, Senhor, porque os meus ossos estão perturbados.
Também a minha alma está muito perturbada; mas tu, Senhor, até quando?...
Volta-te, Senhor, livra a minha alma; salva-me por tua misericórdia.
Pois na morte não há lembrança de ti; no Seol quem te louvará?
Estou cansado do meu gemido; toda noite faço nadar em lágrimas a minha cama, inundo com elas o meu leito.
Os meus olhos estão consumidos pela mágoa, e enfraquecem por causa de todos os meus inimigos.
Apartai-vos de mim todos os que praticais a iniquidade; porque o Senhor já ouviu a voz do meu pranto.
O Senhor já ouviu a minha súplica, o Senhor aceita a minha oração.
Serão envergonhados e grandemente perturbados todos os meus inimigos; tornarão atrás e subitamente serão envergonhados”.


SALMO 7: Problemas de ordem espiritual. Pedir fim de injustiças contra si ou contra outrem.

“Senhor, Deus meu, confio, salva-me de todo o que me persegue, e livra-me;
Para que ele não me arrebate, qual leão, despedaçando-me, sem que haja quem acuda.
Senhor, Deus meu, se eu fiz isto, se há perversidade nas minhas mãos,
se paguei com o mal àquele que tinha paz comigo, ou se despojei o meu inimigo sem causa.
persiga-me o inimigo e alcance-me; calque aos pés a minha vida no chão, e deite no pó a minha glória.
Ergue-te, Senhor, na tua ira; levanta-te contra o furor dos meus inimigos; desperta-te, meu Deus, pois tens ordenado o juízo.
Reuna-se ao redor de ti a assembléia dos povos, e por cima dela remonta-te ao alto.
O Senhor julga os povos; julga-me, Senhor, de acordo com a minha justiça e conforme a integridade que há em mim.
Cesse a maldade dos ímpios, mas estabeleça-se o justo; pois tu, ó justo Deus, provas o coração e os rins.
O meu escudo está em Deus, que salva os retos de coração.
Deus é um juiz justo, um Deus que sente indignação todos os dias.
Se o homem não se arrepender, Deus afiará a sua espada; armado e teso está o seu arco;
já preparou armas mortíferas, fazendo suas setas inflamadas.
Eis que o mau está com dores de perversidade; concedeu a malvadez, e dará à luz a falsidade.
Abre uma cova, aprofundando-a, e cai na cova que fez.
A sua malvadez recairá sobre a sua cabeça, e a sua violência descerá sobre o seu crânio.
Eu louvarei ao Senhor segundo a sua justiça, e cantarei louvores ao nome do Senhor, o Altíssimo”.


SALMO 8: Proteger e curar animais de estimação. Proteção para as crianças. Facilitar transações comerciais. Ligar-se energeticamente aos quatro elementos (terra, fogo, ar e água).

“Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome em toda a terra, tu que puseste a tua glória dos céus!
Da boca das crianças e dos que mamam tu suscitaste força, por causa dos teus adversários para fazeres calar o inimigo e vingador.
Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que estabeleceste,
que é o homem, para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites?
Contudo, pouco abaixo de Deus o fizeste; de glória e de honra o coroaste.
Deste-lhe domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés:
todas as ovelhas e bois, assim como os animais do campo,
as aves do céu, e os peixes do mar, tudo o que passa pelas veredas dos mares.
Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome em toda a terra!”

 


SALMO 9: Achar um caminho quando se está confuso. Ter uma revelação através dos sonhos. Problemas de impotência sexual e doenças consideradas graves. Purificar o ambiente, removendo espíritos indesejáveis. Afastar a pobreza. Ajudar a conhecer os dons. Resolver algo que está demorando.


“Eu te louvarei, Senhor, de todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas.
Em ti me alegrarei e exultarei; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo;
porquanto os meus inimigos retrocedem, caem e perecem diante de ti.
Sustentaste o meu direito e a minha causa; tu te assentaste no tribunal, julgando justamente.
Repreendeste as nações, destruíste os ímpios; apagaste o seu nome para sempre e eternamente.
Os inimigos consumidos estão; perpétuas são as suas ruínas.
Mas o Senhor está entronizado para sempre; preparou o seu trono para exercer o juízo.
Ele mesmo julga o mundo com justiça; julga os povos com eqüidade.
O Senhor é também um alto refúgio para o oprimido, um alto refúgio em tempos de angústia.
Em ti confiam os que conhecem o teu nome; porque tu, Senhor, não abandonas aqueles que te buscam.
Cantai louvores ao Senhor, que habita em Sião; anunciai entre os povos os seus feitos.
Pois ele, o vingador do sangue, se lembra deles; não se esquece do clamor dos aflitos.
Tem misericórdia de mim, Senhor; olha a aflição que sofro daqueles que me odeiam, tu que me levantas das portas da morte.
para que eu conte todos os teus louvores nas portas da filha de Sião e me alegre na tua salvação.
Afundaram-se as nações na cova que abriram; na rede que ocultaram ficou preso o seu pé.
O Senhor deu-se a conhecer, executou o juízo; enlaçado ficou o ímpio nos seus próprios feitos.
Os ímpios irão para o Seol, sim, todas as nações que se esquecem de Deus.
Pois o necessitado não será esquecido para sempre, nem a esperança dos pobres será frustrada perpetuamente.
Levanta-te, Senhor! Não prevaleça o homem; sejam julgadas as nações na tua presença!
Senhor, incute-lhes temor! Que as nações saibam que não passam de meros homens!”

 


SALMO 10: Quando tudo e todos parecem estar contra. Proteção nas viagens. Ajudar quando houver falta de bens materiais. Trazer movimento ao que tiver estagnado.


“Por que te conservas ao longe, Senhor? Por que te escondes em tempos de angústia?
Os ímpios, na sua arrogância, perseguem furiosamente o pobre; sejam eles apanhados nas ciladas que maquinaram.
Pois o ímpio gloreia-se do desejo do seu coração, e o que é dado à rapina despreza e maldiz o Senhor.
Por causa do seu orgulho, o ímpio não o busca; todos os seus pensamentos são: Não há Deus.
Os seus caminhos são sempre prósperos; os teus juízos estão acima dele, fora da sua vista; quanto a todos os seus adversários, ele os trata com desprezo.
Diz em seu coração: Não serei abalado; nunca me verei na adversidade.
A sua boca está cheia de imprecauções, de enganos e de opressão; debaixo da sua língua há malícia e iniqüidade.
Põe-se de emboscada nas aldeias; nos lugares ocultos mata o inocente; os seus olhos estão de espreita ao desamparado.
Qual leão no seu covil, está ele de emboscada num lugar oculto; está de emboscada para apanhar o pobre; apanha-o, colhendo-o na sua rede.
Abaixa-se, curva-se; assim os desamparados lhe caem nas fortes garras.
Diz ele em seu coração: Deus se esqueceu; cobriu o seu rosto; nunca verá isto.
Levanta-te, Senhor; ó Deus, levanta a tua mão; não te esqueças dos necessitados.
Por que blasfema de Deus o ímpio, dizendo no seu coração: Tu não inquirirás?
Tu o viste, porque atentas para o trabalho e enfado, para o tomares na tua mão; a ti o desamparado se entrega; tu és o amparo do órfão.
Quebra tu o braço do ímpio e malvado; esquadrinha a sua maldade, até que a descubras de todo.
O Senhor é Rei sempre e eternamente; da sua terra perecerão as nações.
Tu, Senhor, ouvirás os desejos dos mansos; confortarás o seu coração; inclinarás o teu ouvido, para fazeres justiça ao órfão e ao oprimido, a fim de que o homem, que é da terra, não mais inspire terror”.

 


SALMO 11: Quando se está desorientado. Acalmar tempestades. Evitar perseguições. Os problemas ligados ao sexo. A falta de paciência.

“No Senhor confio. Como, pois, me dizeis: Foge para o monte, como um pássaro?
Pois eis que os ímpios armam o arco, põem a sua flecha na corda, para atirarem, às ocultas, aos retos de coração.
Quando os fundamentos são destruídos, que pode fazer o justo?
O Senhor está no seu santo templo, o trono do Senhor está nos céus; os seus olhos contemplam, as suas pálpebras provam os filhos dos homens.
O Senhor prova o justo e o ímpio; a sua alma odeia ao que ama a violência.
Sobre os ímpios fará chover brasas de fogo e enxofre; um vento abrasador será a porção do seu copo.
Porque o Senhor é justo; ele ama a justiça; os retos, pois, verão o seu rosto”.


SALMO 12
: Combater vícios. Aumentar a confiança em si. Evitar brigas em casa.

“Salva-nos, Senhor, pois não existe mais o piedoso; os fiéis desapareceram dentre os filhos dos homens.
Cada um fala com falsidade ao seu próximo; falam com lábios lisonjeiros e coração dobre.
Corte o Senhor todos os lábios lisonjeiros e a língua que fala soberbamente,
os que dizem: Com a nossa língua prevaleceremos; os nossos lábios a nós nos pertencem; quem sobre nós é senhor?
Por causa da opressão dos pobres, e do gemido dos necessitados, levantar-me-ei agora, diz o Senhor; porei em segurança quem por ela suspira.
As palavras do Senhor são palavras puras, como prata refinada numa fornalha de barro, purificada sete vezes.
Guarda-nos, ó Senhor; desta geração defende-nos para sempre.
Os ímpios andam por toda parte, quando a vileza se exalta entre os filhos dos homens”.

 


SALMO 13:Tentações. Quando um inimigo estiver triunfando sobre nós. Vencer os vícios. Proteção durante o sono.

“Até quando, ó Senhor, te esquecerás de mim? Para sempre? Até quando esconderá de mim o teu rosto?
Até quando encherei de cuidados a minha alma, tendo tristeza no meu coração cada dia? Até quando o meu inimigo se exaltará sobre mim?
Considera e responde-me, ó Senhor, Deus meu; alumia os meus olhos para que eu não durma o sono da morte;
para que o meu inimigo não diga: Prevaleci contra ele; e os meus adversários não se alegrem em sendo eu abalado.
Mas eu confio na tua benignidade; o meu coração se regozija na tua salvação.
Cantarei ao Senhor, porquanto me tem feito muito bem”.

 


SALMO 14: Escapar da pobreza. Contra enganadores, caluniadores.

“Diz o néscio no seu coração: Não há Deus. Os homens têm-se corrompido, fazem-se abomináveis em suas obras; não há quem faça o bem.
O Senhor olhou do céu para os filhos dos homens, para ver se havia algum que tivesse entendimento, que buscasse a Deus.
Desviaram-se todos e juntamente se fizeram imundos; não há quem faça o bem, não há sequer um.
Acaso não tem conhecimento nem sequer um dos que praticam a iniqüidade, que comem o meu povo como se comessem pão, e que não invocam o Senhor?
Achar-se-ão ali em grande pavor, porque Deus está na geração dos justos.
Vós quereis frustar o conselho dos pobres, mas o Senhor é o seu refúgio.
Oxalá que de Sião viesse a salvação de Israel! Quando o Senhor fizer voltar os cativos do seu povo, então se regozijará Jacó e se alegrará Israel”.

 


SALMO 15: Ajudar crianças atrasadas no desenvolvimento. Ajudar no pagamento das dividas.

“Quem, Senhor, habitará na tua tenda? Quem morará no teu santo monte?
Aquele que anda irrepreensivelmente e pratica a justiça, e do coração fala a verdade;
que não difama com a sua língua, nem faz o mal ao seu próximo, nem contra ele aceita nenhuma afronta;
aquele a cujos olhos o réprobo é desprezado, mas que honra os que temem ao Senhor; aquele que, embora jure com dano seu, não muda;
que não empresta o seu dinheiro a juros, nem recebe peitas contra o inocente. Aquele que assim procede nunca será abalado”.